sábado, 31 de agosto de 2019

Live de agosto

Maratona de Live do mês de agosto, aproveite para assistir nos links abaixo:
LIVE 35 - RECONSTRUIR-SE
https://www.youtube.com/watch?v=jgaCV_8Zjsk
LIVE 36 - ENCARAR POSITIVAMENTE A SEPARAÇÃO
https://www.youtube.com/watch?v=58-IhBba44g

Lidando com problemas familiares


LIDANDO COM PROBLEMAS FAMILIARES

              Os problemas familiares ocorrem e devem ser enfrentados da melhor maneira possível.
              Vários motivos podem levar aos conflitos familiares, que são:
·       Brigas constantes e desentendimentos;
·       Violência doméstica;
·       Consumo abusivo de álcool e drogas;
·       Falta de comunicação;
·       Problemas ocultos;
·       Desrespeito as diferenças individuais.
Para resolver esses conflitos:
·       Não se distancie de seus familiares;
·       Proponha diálogo;
·       Use sinceridade e empatia;
·       Respeite as diferenças de seus familiares;
·       Reconheça sua parcela de culpa;
·       Reveja sua postura.
Caso esteja difícil proponha terapia familiar, que ajuda a encontrar o ponto de equilíbrio da dinâmica familiar.

Paula Espíndola
#problemafamiliar #conflitofamiliar #paulaespindolapsicologa #insightpsique #relacionamentospsicologia

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Estratégias de conquista LIVE 39


Parceria nos relacionamentos


PARCERIA NOS RELACIONAMENTOS

              Ter uma relação com parceria e companheirismo são um dos princípios básicos do relacionamento saudável.
              Estimule o diálogo para que fale de como está se sentindo, sem atacar o outro, deixe-o falar e esteja preparado para escutá-lo.
              Para ter um relacionamento saudável e consequentemente com parceria, será importante:
·       Reconheça as qualidades do seu parceiro e fale isso para ele, pois não adianta reconhecer e não dizer isso;
·       Aprenda um com o outro;
·       Respeite as diferenças individuais;
·       Não viva somente para o relacionamento, cultive todos os aspectos da sua vida;
·       Invista em seu autoconhecimento;
·       Surpreenda a rotina do casal.
Caso não esteja conseguindo esse companheirismo, proponha uma terapia de casal, que ajudará a ver a situação de uma nova maneira.

Paula Espíndola
#parceria #dialogo #paulaespindolapsicologa #insightpsique #relacionamentospsicologia

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Problemas familiares


Estratégias para conquistar alguém


ESTRATÉGIAS PARA CONQUISTAR ALGUÉM

              Não existe um manual pronto para conquistar alguém, porque as pessoas são diferentes.
              Mostre como é realmente, o seu melhor, demonstre suas qualidades e tenha cuidado para não criar personagem fantasiosa, que isso não se sustenta.
              Aqui vão algumas estratégias que devem ser aprimoradas de acordo com história pessoal, que são:
·       Seja você mesmo;
·       Seja verdadeiro e não tente mostrar o que não é;
·       Quando nos admiramos, gostamos de nós mesmos, isso transborda e os outros percebem;
·       Seja espontâneo;
·       O sorriso e bom humor encantam as pessoas.
Avalie sua trajetória e agora responda: qual a sua melhor maneira para conquistar alguém?

Paula Espíndola
#estrategia #conquistaamorosa #paulaespindolapsicologa #insightpsique #psicoterapiaonline

terça-feira, 27 de agosto de 2019

Doenças psicossomáticas


DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS

              As doenças psicossomáticas são aquelas que tem causa emocional, que afetam o nosso corpo como um todo, ou seja, o emocional prejudicando o físico.
              Essas doenças estão relacionadas as emoções, sentimentos e pensamentos, que estão em desequilíbrio por algum motivo.
              As doenças psicossomáticas podem afetar: pele, intestino, estômago, garganta, enfim vários pontos podem ser afetados com essas doenças.
              As causas podem ser por problemas profissionais, amorosos, traumas, ansiedade, violência e abusos.
              Para se proteger dessas doenças será fundamental:
·       Desenvolver seu autoconhecimento;
·       Trabalhar sua inteligência emocional;
·       Cuide de si;
·       Faça exercícios físicos;
·       Avalie o que precisa ser melhorado em sua vida;
·       Faça psicoterapia para lidar melhor com suas emoções.
Lembre-se quem cuida da mente, cuida da vida.

Paula Espíndola
#doençapsicossomatica #autoconhecimento #paulaespindolapsicologa #insightpsique #relacionamentospsicologia

Feliz dia do psicólogo

Gratidão foi a melhor palavra para meu agradecimento a você por confiar no meu trabalho.
Parabéns a todos psicólogos!
#psicologia #diadopsicologoa #paulaespindolapsicologa#relacionamentospsicologia #insightpsique

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Várias dúvidas sobre relacionamentos


Meu parceiro é dependente químico


MEU PARCEIRO É DEPENDENTE QUÍMICO

              Lidar com dependente químico não é uma tarefa fácil.
              Temos que ter a coragem de assumir os nossos próprios limites e se não estiver suportando viver assim e estabelecer esse limite, seja firme em sua decisão.
              Mas caso queira ajudá-lo nesse momento de recuperação, seria fundamental:
·       Demonstrar o apoio que dará para que saia desse vício;
·       Não traga a responsabilidade desse vício para si;
·       Não crie momentos que leve a desejar beber ou usar drogas novamente;
·       Estimule ajuda profissional, um grupo de apoio, inclusive existem grupos para os familiares desses dependentes;
·       Não esqueça de si, pensando no outro, dedique-se sempre a si;
Estando bem consigo, será mais fácil ajudá-lo.

Paula Espíndola
#parceiro #dependentequimico #recuperação #paulaespindolapsicologa #insightpsique



Arrependimento após fim do relacionamento


O ARREPENDIMENTO APÓS O FIM DO RELACIONAMENTO

              O arrependimento após o término de uma relação é muito comum, por isso é fundamental ter absoluta certeza e convicção do que quer para si.
              Lembre-se de pensar na sua qualidade de vida e não confundir o arrependimento com a falta que está sentindo do seu ex, isso faz parte do processo de luto do relacionamento.
              Agora é a hora de dedicação total a si mesmo, faça agrados e carinho em si próprio.
              Permita-se ser feliz!

Paula Espíndola

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Reconciliação de casais


RECONCILIAÇÃO DE CASAIS

              Quando um relacionamento termina, pode ocorrer uma reconciliação, que poderá ser maravilhosa para o casal.
              Para que tenha uma reconciliação, ambos têm que querer e estar dispostos a um novo recontrato dessa união.
              Aqui vão algumas dicas para isso:
·       Cuide de si, invista em seu amor-próprio;
·       Tenha certeza que realmente quer voltar;
·       Proponha um encontro para um diálogo franco e aberto para que possam fazer um recontrato dessa relação;
·       Aprenda com seus erros para os não repetir;
·       Cuidado com controle ou atitudes que não estava bem nessa relação;
·       Mude o que precisa ser mudado, sem cobrança, faça sua parte, porque sua mudança refletirá no outro;
·       Mantenha e respeite sua individualidade e do seu parceiro.
Seja feliz em sua reconciliação!

Paula Espíndola

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

LIVE 38 - Arrependimento e reconciliação


Projeção


PROJEÇÃO

              Muitas vezes, as pessoas que nos rodeiam podem refletir o que realmente somos e quando nos deparamos com isso, consequentemente nos assusta.
              É como se nos conhecêssemos através das situações e atitudes que nos agradam ou desagradam.
              Isso parece uma loucura, não é mesmo? Mas na Psicologia chamamos isso de projeção, que pode ser positiva ou negativa.
              A projeção é um mecanismo de defesa do ser humano, onde projetamos alguns traços que admiramos ou até repudiamos no outro.
              É uma maneira de querer expulsar de nós mesmos, sentimentos inaceitáveis ou reprimidos, atribuindo a outra pessoa.
              A projeção serve para que a pessoa proteja sua mente de algo que repugna.

Paula Espíndola

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Reconciliação de casais


Emoção e razão


EMOÇÃO E RAZÃO

              O nosso coração não mostra o que realmente precisamos ver, pensando somente com emoção e deixando a razão de lado, por isso é fundamental termos equilíbrio entre a emoção e a razão.
              É fundamental o autoconhecimento para entender, saber e reconhecer o que é realmente importante para si mesmo.
              Muitas vezes, a pessoa se culpa por tudo e não enxerga o outro lado, ficando enganando a si mesmo.
              Aprenda a se amar, cultivar seu amor-próprio para depois amar alguém.

Paula Espíndola

terça-feira, 20 de agosto de 2019

Casais felizes sem filhos


CASAIS FELIZES SEM FILHOS

              É possível casais felizes sem filhos? Sim, por isso que o namoro serve para conhecer seu parceiro, suas ideias e pensamentos.
              Durante o namoro, deve-se conversar sobre o futuro, planos e sonhos em comum do casal.
              Existem casais que não podem ter filhos, então fazem planos para as várias possibilidades de uma gravidez ou até a possibilidade de adoção.
               Já outros casais, simplesmente optam por não ter filhos e se estão de comum acordo não existe nenhum problema.
              Por isso que sempre falo, que o diálogo é a base do relacionamento saudável.

Paula Espíndola

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Dúvidas sobre relacionamentos


Família contra o namoro


FAMÍLIA CONTRA O NAMORO

              Algumas famílias são contra o namoro de seus filhos por vários motivos.
              Nesses casos, em primeiro lugar deve-se conversar com os familiares para saber o motivo que levou a eles não quererem essa relação.
              Analisar se esses motivos fazem sentido ou se é apenas fruto de imaginação, porque a família quer o melhor para todos.
              Mas quando resolvemos enfrentar isso mesmo sem o consentimento familiar, deve-se estar convicto da sua decisão e assumir suas próprias responsabilidades.
              Afinal quem conviverá com o parceiro será você e não a sua família.

Paula Espíndola

             

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

A diferença entre paixão e amor


DIFERENÇA ENTRE PAIXÃO E AMOR

              Você sabe qual é a diferença entre paixão e amor?
              A paixão é:
·       A primeira fase da união;
·       Encantamento cego pelo outro;
·       Uma projeção do meu desejo no outro;
·       O desejo de como eu quero que o outro seja, então idealiza o outro como você imagina.
O amor é:
·       Vem depois da fase da paixão;
·       Um laço, uma parceria de crescimento, ambos têm que crescer;
·       Construtivo, foge do idealizado, porque já vê os defeitos do outro, afinal todos têm defeitos;
·       Necessita de esforço e cultivo.
Para administrar o relacionamento amoroso é necessário ter:
·       Amor e admiração;
·       Boa logística, ter organização;
·       Capacidade de negociação.
Assim é importante perceber que só o amor não sustenta nenhum relacionamento, precisa de muito esforço, admiração, companheirismo, saber dosar e ceder, assim tendo equilíbrio na relação.

Paula Espíndola

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Dúvidas amorosas - LIVE 37


As desigualdades nos relacionamentos


AS DESIGUALDADES NOS RELACIONAMENTOS

              Os relacionamentos atuais são vistos de maneiras bem diferentes de décadas passadas.
              Alguns aspectos marcam esses atuais relacionamentos, que são:
·       Menor tolerância com o parceiro e para enfrentar os conflitos;
·       Casa-se já pensando em separação, por isso é fundamental refletir muito bem antes de assumir um relacionamento;
·       Pensam muito de uma maneira imediata já não dando espaço para a paciência e tolerância nas relações;
·       Dificuldade de respeitar a individualidade do outro;
·       Controle excessivo e possessividade, lembrando que ninguém é dono, propriedade de ninguém, estão juntos porque desejam isso;
·       Estar aberto a escutar o que seu parceiro pensa e sente;
·       Dificuldade em ter um diálogo assertivo, onde existe a fala, a escuta e a troca mútua.
As desigualdades estão aí para serem encaradas.

Paula Espíndola

quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Diferença entre amor e paixão


Abuso e pressão psicológica


ABUSO E PRESSÃO PSICOLÓGICA

              Qualquer tipo de abuso merece total atenção, pois todos são imorais.
              Temos abuso emocional, sexual, verbal e que levam a uma pressão psicológica.
              Para superar um abuso deve-se:
·       Ter apoio e acolhimento familiar;
·       Não se culpar pelo abuso;
·       Investir muito para elevar sua autoestima, que tende a ficar abalada com isso;
·       Não deixar de relacionar-se com as pessoas;
·       Ter pensamentos positivos;
·       Estabelecer metas para seguir em frente.
Caso esteja difícil lidar com essa situação, procure ajuda psicológica, a psicoterapia ajudará a enfrentar essa dificuldade para superar esse trauma.

Paula Espíndola

terça-feira, 13 de agosto de 2019

Relacionamento e finanças conjugais


RELACIONAMENTO E FINANÇAS CONJUGAIS

              A questão financeira é um dos grandes motivos que levam a separação do casal.
              Por isso é fundamental falar sobre dinheiro, das contas que devem ser pagas, da reserva financeira.
              Muitos casais têm receio de falarem sobre questões financeiras, mas isso faz parte da vida.
              Conversem sobre as finanças, estabeleçam regras, prazos para que assim consigam se organizar financeiramente.
              Quanto mais diálogo tem o casal, mais fácil de enfrentar qualquer dificuldade.
              Para um relacionamento saudável temos que aprender a dosar com bom senso.

Paula Espíndola

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Dúvidas sobre relacionamentos


Amizade com ex parceiro


AMIZADE COM EX PARCEIRO

              Será que é possível ter amizade com ex, namorando com outro? Essa é uma dúvida muito comum.
              Isso dependerá de como conseguem lidar com essa situação e dos acordos que estabeleceram nesse relacionamento.
              O fundamental é estabelecer esses acordos através de um diálogo franco, onde existe a fala e a escuta.
              Tenha cuidado para não ficar fantasiando algo sem ter essa conversa, porque isso poderá ser destruidor para seu relacionamento.

Paula Espíndola

sexta-feira, 9 de agosto de 2019

Superando o fim do relacionamento

https://opsicologoonline.com.br/superando-o-fim-do-relacio…/
Como superar o fim do relacionamento?
Leia meu novo artigo da coluna "Os desafios de ser mulher nos relacionamentos"
#relacionamentos #mulher #separação #paulaespindolapsicologa#insightpsique

Encarando positivamente a separação


ENCARANDO POSITIVAMENTE O TÉRMINO DO RELACIONAMENTO

              Deve-se ir em busca de novas maneiras e formas positivas de lidar com esse fim do relacionamento.
              Será fácil? Lógico que não! Mas com certeza será possível.
              Para isso coloque essas dicas em prática:
·       Não se isole, procure apoio de amigos e familiares;
·       Vença a vontade e tentação de vasculhar a vida do ex, lembre-se contato zero;
·       Cuide da sua vida profissional e financeira;
·       Em caso de ter filhos, preserve-os, lembre-se que terminou seu relacionamento, mas a relação com os filhos será eterna;
·       Mude sua nova rotina;
·       Não emende um relacionamento no outro, tenha cautela para novo romance;
·       Cuidado com uso de álcool e drogas, porque nesse momento muitas pessoas têm tendência para isso;
·       Encare esse luto do relacionamento e aceite esse término;
·       Exercite e aprecie sua individualidade;
·       Recupere a sua essência.
Quando colocará essas dicas em prática? Pense nisso!
Paula Espíndola