terça-feira, 31 de março de 2020

Relacionamento abusivo familiar


RELACIONAMENTO ABUSIVO FAMILIAR
              O relacionamento abusivo é muito triste, duro e doloroso.
              Esse tipo de relacionamento afeta toda a estrutura familiar, prejudicando o bem-estar da família.
              É fundamental reconhecer que está nessa relação abusiva para assim fazer e tudo para preservar a integridade dos familiares, principalmente dos filhos que sofrem tanto com essa situação.
              Os filhos que sofrem ao ver o sofrimento de um dos pais devido aos abusos, agressões verbais, psicológicas e muitas vezes até física, podem arrastar traumas para sua vida adulta.
              Caso perceba que seus filhos estão sendo prejudicados por essa relação abusiva deve-se encaminhar para a psicoterapia para que possam entender que essa situação não diz respeito a ele.
Paula Espíndola
#relacionamentoabusivo #relacionamentofamiliar #abusofamiliar #paulaespindolapsicologa #insightpsique

segunda-feira, 30 de março de 2020

Os sinais do relacionamento abusivo


Os sinais de que está num relacionamento abusivo


OS SINAIS DE QUE ESTÁ NO RELACIONAMENTO ABUSIVO
              O abusador faz de tudo para ter um absoluto controle sobre o outro, mesmo que faça a pessoa sentir-se humilhada e até inútil.
              Ele manipula de tal maneira que o outro perde a sua essência, ou seja, não se reconhece mais como era antes dessa relação abusiva.
              Muitas pessoas nem percebem que estão nesse tipo de relacionamento.
              Assim, deve-se estar atento aos vários sinais de que está em um relacionamento abusivo, que são:
·       Faz a pessoa sentir-se sempre errada, já não tem mais forças para analisar suas atitudes;
·       Faz acreditar que tudo que está ocorrendo é normal e natural para qualquer relação;
·       Quer controlar a sua vida, suas escolhas e todos os seus passos, ou seja, apresenta um comportamento controlador;
·       Faz várias coisas contra sua própria vontade, apenas para agradar o outro;
·       Passa por várias humilhações, constrangimentos, tortura psicológica gerando muito sofrimento;
·       Critica seu comportamento e atitudes o tempo todo;
·       Exalta os seus defeitos e jamais reconhece suas qualidades;
·       Muitas vezes usa da força física;
·       Grita com você, agride, menospreza, faz várias críticas, porque a pessoa fica acuada ou entra em conflito direto com ele.
Analise esses sinais, pense mais em você e transforme sua vida.
Paula Espíndola
#sinaisabusivos #relacionamentoabusivo #abusador #paulaespindolapsicologa #insightpsique

sexta-feira, 27 de março de 2020

A psicoterapia no relacionamento abusivo


A PSICOTERAPIA NO RELACIONAMENTO ABUSIVO
              O relacionamento abusivo pode ocorrer em qualquer tipo de relacionamento, como familiar, de amizade, profissional e amoroso.
              Os relacionamentos abusivos transformam a vida da pessoa negativamente, levando a relações tóxicas.
              Observe as atitudes e comportamentos do possível abusador, para analisar se realmente está em um relacionamento abusivo, caso seja identificado será fundamental preservar-se e quando estiver difícil reconhecer isso sozinho, a psicoterapia poderá auxiliar nesse processo.
Paula Espíndola
#psicoterapia #relacionamentoabusivo #relacionamentoabusivopsi #paulaespindolapsicologa #insightpsique

quinta-feira, 26 de março de 2020

No relacionamento abusivo, proteja-se!


NO RELACIONAMENTO ABUSIVO, PROTEJA-SE!
              Deve-se ficar muito atento e ter cautela, pois o abusador é altamente manipulador e pode usar essa característica ao seu favor.
              Em caso judicial, é fundamental a vítima se respaldar para que consiga provar esses abusos.
              Procure ajuda de um advogado para poder te orientar melhor, quanto as questões judiciais, ajuda de amigos e familiares e ajuda psicológica para se preparar emocionalmente para essa situação tão difícil.
Paula Espíndola
#relacionamentoabusivo #relacionamentoabusivopsi #manipulador #paulaespindolapsicologa #insightpsique

quarta-feira, 25 de março de 2020

Comportamento do abusador


Atitudes perversas do abusador


ATITUDES PERVERSAS DO ABUSADOR
              A maioria das pessoas que vivenciam um relacionamento abusivo, não percebem esse tipo de relação desde o início. Por isso é fundamental, no início de cada relacionamento, no início de cada relacionamento, ficar atento aos indícios de comportamentos abusivos, mostrando que não aceita esse tipo de relação.
              Existem várias atitudes perversas do abusador, que fere a outra parte como:
·       Altamente manipulador;
·       Uso excessivo de álcool ou drogas viram desculpas;
·       Muitas vezes faz uso do sexo para castigar o outro;
·       Faz se sentir humilhada na frente dos outros;
·       Promessas vazias, pois sempre diz que não irá mais ter esse tipo de comportamento;
·       Chantagista e punitivo;
·       Abusa do seu bem-estar.
Geralmente, o abusador possui histórico de abusos em seus outros relacionamentos. Fique atento!
Paula Espíndola
#atitudeperversa #abusador #relacionamentoabusivo #insightpsique #paulaespindolapsicologa #relacionamentoabusivopsi

terça-feira, 24 de março de 2020

O comportamento do abusador


O COMPORTAMENTO DO ABUSADOR
              Uma das principais características do relacionamento abusivo é a sensação de culpa, julgando-se ser culpado pelos abusos.
              E como reconhecer o abusador?
              O abusador apresenta algumas atitudes e comportamentos que podem ser observados, que são:
·       Ciumento e possessivo;
·       Comportamento controlador, vigia todos os passos do parceiro;
·       Dificuldade de controle dos impulsos;
·       Obriga ao abusado afastar-se das suas amizades;
·       Comportamento explosivo;
·       Necessidade de uma satisfação imediata;
·       Não tem consciência do seu comportamento controlador, ou seja, apresenta uma ausência de culpa;
·       Necessidade de culpar alguém pelo seu excesso de raiva;
·       Faz você acreditar que a culpa é sempre sua, pois é altamente envolvente.
Reconhece algumas dessas atitudes?
Lembrando que existem muitos outros comportamentos do abusador.
Paula Espíndola
#abusador #abuso #relacionamentoabusivo #paulaespindolapsicologa #insightpsique #relacionamentoabusivopsi

Comentários sobre relacionamento abusivo


segunda-feira, 23 de março de 2020

Relacionamento Abusivo


RELACIONAMENTO ABUSIVO
              Para entender melhor o relacionamento abusivo é importante saber o que é esse tipo de relação.
              O relacionamento abusivo é aquele onde predomina um excesso de poder sobre o outro e controle de todos os passos do parceiro.
              Essa relação abusiva ocorre quando uma das partes pratica o abuso e a outra se submete a isso mesmo que de maneira inconsciente.
              Quando a pessoa não está bem consigo mesmo, não investe em sua autoestima, não nutre seu amor-próprio, fica mais vulnerável a relações abusivas.
              A pessoa que está em um relacionamento abusivo perde a noção do mal sofrido e a maioria não tem consciência do que está vivenciando, pois o parceiro passa a ser referência da sua vida.
              A pessoa que sofre por esses abusos esquece da sua própria individualidade e anula-se em sua essência.
Paula Espíndola
#relacionamentoabusivo #relaçãoabusiva #paulaespindolapsicologa #relacionamentoabusivopsi #insightpsique

sexta-feira, 20 de março de 2020

Como atrair alguém?


COMO ATRAIR ALGUÉM?
              Para atrair alguém, será necessário:
·       Seja mais autoconfiante e seja você mesmo;
·       Pratique seu autoconhecimento, aumentando seu repertório;
·       Estabeleça laços de amizade;
·       Aceite as críticas, admita suas falhas;
·       Permita-se pessoas fora da caixinha;
·       Pratique seu equilíbrio emocional;
·       Demonstre interesse e os alinhe ao outro;
·       Faça sempre uso do diálogo assertivo;
·       Agradeça sempre e retribua;
·       Esteja disposto a ser feliz.
Uma dica valiosa: as soluções em nossas vidas não acontecem somente com pensamento, desejo e esperança, será necessário entrar em ação.
Paula Espíndola
#atrair #atração #paulaespindolapsicologa #insightpsique

Atração - LIVE 65


quinta-feira, 19 de março de 2020

Fatores que influenciam atração


FATORES QUE INFLUENCIAM ATRAÇÃO
              Segundo a Psicologia Social existem alguns ingredientes benéfico e fatores que influenciam a atração, que podem ser:
·       Proximidade, ou seja, a convivência favorece a relação;
·       Estar e se fazer presente, ou seja, é necessário estar próximo;
·       Semelhança aumenta a chance de ser mais duradouro, ou seja, quando pessoas se amam e têm outras coisas em comum;
·       Atrativo físico, ou seja, se encontrar pela aparência.
Analise esses ingredientes para ver se existe essas compatibilidades.
Paula Espíndola
#atração #atraçãoemocional #paulaespindolapsicologa #insightpsique

quarta-feira, 18 de março de 2020

Como atrair quem gosta?


Psicologia da Atração


PSICOLOGIA DA ATRAÇÃO
              A Psicologia da Atração é focada nos relacionamentos.
              Explica o porquê de nos sentirmos atraídos pelas pessoas que amamos e queremos mantê-la por perto.
              A psicologia, através da psicoterapia, ajuda na aprendizagem do pensamento para alcançar nossos objetivos, ou seja, o pensamento orientará a nossa capacidade de realização.
              A lei da atração engloba o campo do desenvolvimento pessoal e a Psicologia da Atração ocupa-se dos relacionamentos interpessoais.
              Elas não são iguais, mas estão correlacionadas, porque nossas experiências envolvem aquilo que trazemos dentro de nós e quanto a forma como interagimos com os outros.
Paula Espíndola
#psicologiadaatração #atração #relacionamentospsicologia #paulaespindolapsicologa #insightpsique

terça-feira, 17 de março de 2020

Lei da atração


LEI DA ATRAÇÃO
              A lei da atração é baseada nas raízes da clássica Teosofia.
              E o que seria a lei da atração?
·       É o ato de desejar algo com muita intensidade, otimismo e confiança;
·       São determinadas ondas de energia que articulam uma influência para nossos benefícios;
·       É um treino para desenvolver estado mental através de vibrações afinadas e harmoniosas.
A lei da atração foca na positividade de alcançar algo através do seu desejo e de uma força motivacional.
Um grande perigo dessa lei da atração é que promove uma certa inércia e grande passividade, porque o indivíduo pode ficar estagnado, esperando que essa positividade aja sozinha.
Paula Espíndola
#atração #leidaatração #forçamotivacional #paulaespindolapsicologa #insightpsique

Atração, lei e psicologia da atração


segunda-feira, 16 de março de 2020

Atração emocional


ATRAÇÃO EMOCIONAL
              Existem algumas definições para atração, que são:
·       É ação de atrair algo ou alguém através de características físicas ou psicológicas que despertem o interesse;
·       É um sentimento, que através da observação, se identifica com características da pessoa que lhe agrada;
·       É um conjunto de qualidades ou características, que despertem simpatia, desejo, amor e sedução.
Existe a atração física que pode ser através do desejo, estética e até sensual.
Já a atração emocional é aquela em que se deseja estar perto da pessoa, ser amado, sentir-se amado.
A atração emocional é aquela em que a pessoa é capaz de chamar atenção de certa pessoa em um nível mais profundo.
Paula Espíndola
#atração #atraçãoemocional #relacionamentospsicologia #paulaespindolapsicologa #insightpsique

sexta-feira, 13 de março de 2020

Dicas para uma boa comunicação


DICAS PARA UMA BOA COMUNICAÇÃO
              Algumas dicas valiosas para uma boa comunicação, seja um bom ouvinte, escute de verdade.
              Para demonstrar que está escutando e interessado:
·       Fique em silêncio quando o outro estiver falando;
·       Faça pausas antes de falar;
·       Faça contato visual, nosso olhar fala muito;
·       Aproxime-se fisicamente da pessoa;
·       Descruze os braços;
·       Faça que sim com a cabeça quando foi adequado.
Isso faz parte de um diálogo produtivo e assertivo.
Paula Espíndola
#comunicação #dialogo #falarescutar #paulaespindolapsicologa #insightpsique

Diálogo produtivo com os filhos


DIÁLOGO PRODUTIVO E ASSERTIVO COM OS FILHOS
              O diálogo é primordial para qualquer relacionamento e para isso temos algumas estratégias para se ter um diálogo produtivo e assertivo com os filhos:
·       Fale da sua história pessoal, conte das suas experiências na adolescência, isso aproxima os jovens, eles adoram ouvir e os deixam mais confiantes para se abrirem;
·       Mantenha sempre o diálogo, mas entre indiretamente para que não ache que está invadindo seu espaço;
·       Conheça, informe-se sobre os assuntos que o rodeia e o interessa, isso aumentará seus assuntos para um diálogo;
·       Fale francamente, eles sempre querem saber a verdade dos fatos;
·       Admita que você não é capaz de lidar com determinadas situações, afinal você é humano;
·       Questione sobre seus sentimentos, medos, desejos;
·       Apoie seus planos, mesmo que ache que não terá futuro, o importante é saber que sempre terá seu apoio;
·       Utilize sempre o bom humor;
·       Aceite que os adolescentes sempre têm problemas, mas não subestime suas dificuldades, seus problemas e suas dores.
Paula Espíndola
#dialogo #adolescente #jovens #paulaespindolapsicologa #insightpsique

quinta-feira, 12 de março de 2020

Dificuldade nos relacionamentos familiares


DIFICULDADES NOS RELACIONAMENTOS FAMILIARES
              Muitos jovens passam por conflitos com seus pais por não serem ouvido ou até mesmo compreendidos.
              As maiores dificuldades nos relacionamentos familiares são:
·       Excesso de brigas, que levam aos desentendimentos;
·       Desrespeito as diferenças individuais;
·       Violência doméstica;
·       Uso abusivo de álcool e drogas;
·       Falta de comunicação, os problemas que nunca são falados, ficam ocultos devido essa falta de diálogo.
O melhor caminho é sempre o diálogo, pois aproxima a família, porque os problemas mal resolvidos, acarretam distanciamento familiar a até emocional.
Lembre-se que o diálogo é uma troca, onde tem a fala e a escuta, ou seja, temos que aprender a ouvir o que as pessoas pensam a respeito, para assim refletir e rever sua postura.
Paula Espíndola
#relacionamentofamiliar #conflitofamiliar #paulaespindolapsicologa #insightpsique


Diálogo com os filhos


quarta-feira, 11 de março de 2020

As dificuldades dos adolescentes


AS DIFICULDADES DA ADOLESCÊNCIA
              A adolescência é uma fase de muitos conflitos pessoais, como físicos, hormonais, sociais, emocionais e familiares.
              Os jovens enfrentam inúmeras dificuldades como:
·       Questionamentos internos: o que desejam, quais são seus talentos e futura profissão;
·       Limites: os jovens pedem limites, testam os adultos para verem até onde conseguem chegar;
·       Conflitos de gerações: divergências de ideias e opiniões dos pais, professores e adultos em geral;
·       Drogas: muitas dúvidas, questionamentos e falta de informações;
·       Uso excessivo das redes sociais: falta priorizar as pessoas que estão ao seu redor;
·       Aparência visual: predomínio pela beleza externa, deixando de lado sua autoestima, não priorizando e nem dando valor em sua beleza interna;
·       Pressões escolares: cobranças das atividades escolares, dificuldades em gerenciar o tempo para estudo devido ao excesso de tarefas extracurriculares, provas cansativas;
·       Sexualidade: quantas dúvidas que surgem, receio e vergonha de perguntarem principalmente para os pais;
·       Bullying: enfrentam “brincadeiras” que ferem uns aos outros, lembrando que só é brincadeira quando ambos se divertem;
·       Falta de amigos: muitos preferem se isolar, tem medo de confiar nos outros;
·       Relacionamentos com os pais: grande dificuldade em falarem e de serem entendidos.
Você deve estar se perguntando: Como evitar tudo isso? A resposta para isso é o diálogo, que é primordial para bom relacionamento familiar.
Paula Espíndola
#adolescentes #adolescencia #limites #paulaespindolapsicologa #insightpsique

terça-feira, 10 de março de 2020

Convivência familiar


CONVIVÊNCIA FAMILIAR
              A união do casal deve ser bem aproveitada e curtida, sem ter pressa para ter filhos.
              É fundamental, o casal viver esse início da relação juntos, conhecendo um ao outro, com suas qualidades, defeitos, manias para depois pensarem em ter filhos e conversarem muito sobre isso.
              No relacionamento familiar, como em qualquer relacionamento, é necessário aprender a ceder e dosar para que se tenha harmonia familiar.
              Em casos de discussões entre o casal, seria fundamental a psicoterapia para que consiga alinhar essas relações entre pais e filhos, pois eles não podem ser prejudicados devido as brigas do casal.
              Outra maneira muito adequada para estabelecer esses laços familiares é através da terapia familiar, onde todos expõem suas opiniões e os demais aprendem a escutar de coração aberto.
Paula Espíndola
#laçofamiliar #convivenciafamiliar #casal #filhos #paulaespindolapsicologa #insightpsique

segunda-feira, 9 de março de 2020

Entre pais e filhos


A separação do casal afetando os filhos


A SEPARAÇÃO DO CASAL AFETANDO OS FILHOS
              A separação do casal pode desestabilizar toda a família, por isso é fundamental o casal ter consciência de que as brigas entre eles não devem ser feitas na frente dos filhos.
              Quando presenciam brigas dos pais, é importante conversar com os filhos para que entendam que só diz respeito ao casal e que não tem nada a ver com eles.
              Uma dica valiosa: jamais fale mal do seu parceiro para os filhos, lembre-se que são filhos de ambos. Eles não devem tomar partido de nenhuma das partes.
              Quando os filhos estão sempre participando da briga dos pais, provavelmente darão apoio para uma das partes e isso prejudicará o relacionamento familiar.
              Muitos filhos não aceitam a separação dos pais e uma maneira de demonstrar isso é através de mais brigas.
              Em caso de separação do casal é fundamental ter um diálogo familiar onde será mostrado que somente os pais estão se separando e que a relação com os filhos será eterna.
Paula Espíndola
#separação #fimdorelacionamento #filhos #paulaespindolapsicologa #insightpsique

sexta-feira, 6 de março de 2020

Os sinais da superproteção


OS SINAIS DA SUPERPROTEÇÃO
              Os pais superprotetores protegem tanto os seus filhos que prejudicam o seu desenvolvimento e crescimento pessoal.
              Geralmente, essa superproteção tem origem na base familiar que seus pais tiveram desde a infância.
              A maioria dos pais superprotetores não percebem que agem assim.
              Para que possa reconhecer se realmente está superprotegendo seu filho, fique atento em alguns sinais, como:
·       Querer ajudar os filhos, mesmo quando não são solicitados;
·       Tentar prevenir os possíveis erros;
·       Criar baixa expectativas nos filhos para que não entrem em ação;
·       Não delegar responsabilidades;
·       Não estabelecer regras e combinados;
·       Controle excessivo de redes sociais, internet e até de amigos;
·       Ser totalmente invasivo.
Fique atento, pois a superproteção prejudica e traz sofrimento aos filhos.
Paula Espíndola
#superproteção #filhosuperprotegido #paulaespindolapsicologa #conflitofamiliar #insightpsique

quinta-feira, 5 de março de 2020

Convívio com os filhos - LIVE 63


Como superar o bullying?


COMO SUPERAR O BULLYING?
              O bullying é algo que está cada vez mais comum entre os jovens.
              Bullying são atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetitivos, cometidos por um ou mais agressores contra uma determinada vítima.
              A escola tem um papel fundamental de falar sobre esse tema com seus alunos.
              Já os pais devem estar dispostos a ouvir seus filhos e entender o que está acontecendo no ambiente escolar.
              Mitos filhos não falam por terem medo de serem agredidos, por vergonha, receio de duvidarem do que estão contando.
              Para que seu filho possa superar o bullying será necessário:
·       Estimular que falem o que está ocorrendo com eles;
·       Ensinar os filhos ter mais empatia e aprenderem a se colocar no lugar do outro;
·       Ficar atento ao cyberbullying, que é o bullying virtual, cada vez mais comum;
·       Não responder com violência;
·       Acompanhamento psicológico tanto para as vítimas como para os praticantes.
O diálogo familiar assertivo é muito importante para que todos exponham suas opiniões.
Paula Espíndola
#bullying #cyberbullying #filhos #adolescentes #paulaespindolapsicologa #insightpsique

Autoestima dos filhos


quarta-feira, 4 de março de 2020

Cuide da autoestima de seus filhos


CUIDE DA AUTOESTIMA DE SEUS FILHOS
              A autoestima é fundamental em qualquer fase da nossa vida e é como uma plantinha que deve ser regada constantemente.
              É na infância que a autoestima é construída através da sua própria percepção e de como as pessoas nos percebem.
              Algumas atitudes dos pais prejudicam e abalam a autoestima dos filhos, que são:
·       Controle excessivo, cuidar sim, mas tenha cuidado com abusos desse controle;
·       Agir de maneira incoerente com o que fala para eles;
·       Comparam o filho com irmão ou outras pessoas;
·       Relembram a todo momento os erros cometidos pelos filhos;
·       Elogiar exageradamente, fingindo em não enxergar o que está errado;
·       Não acreditar na capacidade de seus filhos;
·       Não valorizar suas qualidades, atitudes e conquistas dos filhos;
·       Focar somente em pontos negativos dos filhos;
·       Cobrança excessiva sem se dar conta das suas habilidades;
·       Serem pais ausentes;
·       Prometer e não cumprir.
Analise essas atitudes, perceba o que está influenciando na qualidade do relacionamento familiar que possa estar prejudicando a autoestima do seu filho.
Paula Espíndola
#autoestima #adolescencia #filhos #paulaespindolapsicologa #insightpsique

"Entre lençóis" - Reflexão


terça-feira, 3 de março de 2020

Educando os filhos


EDUCANDO OS FILHOS
              A educação familiar transmitida de pais para filhos é uma missão longa e árdua.
              Os pais têm a missão de transmitir aos filhos: valores, respeito, amor, solidariedade, tranquilidade, estabilidade emocional e tudo que proporcione o bem-estar de um indivíduo.
              Muitos pais questionam se a educação que está sendo transmitida aos filhos está sendo válida e produtiva.
              Por isso é fundamental o diálogo familiar, onde seus filhos também expõem suas ideias e opiniões que devem ser escutadas.
              Outro ponto importante que não pode ser ignorado é que existem filhos rebeldes.
              Para lidar com os filhos rebeldes deve-se:
·       Aprender a colocar limites desde pequeno;
·       Estabelecer regras e combinados, que devem ser respeitados e cumpridos;
·       Ter muita cautela ao colocar “panos quentes” nos erros cometidos pelos filhos;
·       Mantenha sempre um diálogo franco onde ambas as partes possam falar e expor suas ideias;
·       Tenha cuidado com as críticas excessivas.
Lembrando que os filhos errarão e serão com esses erros que levará ao crescimento pessoal.
Paula Espíndola
#educarfilhos #educação #filhorebelde #paulaespindolapsicologa #insightpsique