quinta-feira, 30 de abril de 2020

Se sente preso ao relacionamento abusivo? LIVE 71


Estou preso em relacionamento abusivo


MOTIVOS QUE PRENDEM AO RELACIONAMENTO ABUSIVO
              Geralmente, o controle excessivo e ciúmes exagerado fica camuflado em forma de carinho e cuidado.
              Os principais motivos que prendem a pessoa nesse relacionamento são:
·       A vítima coloca-se num papel de submissão dentro desse relacionamento;
·       Consegue facilmente ser manipulado pela opinião do abusador;
·       Não admite que está vivenciando esse abuso;
·       Acredita e tem esperança de que o parceiro mude suas atitudes;
·       Assume a culpa desses abusos para si próprio;
·       Acredita que o sofrimento faz parte de qualquer relacionamento;
·       Não se vê sendo feliz longe do parceiro;
·       Teme a perda do parceiro e da sua reação para fim dessa relação.
Fique atento e reconheça qual seu real motivo para ainda estar nessa relação abusiva.
Paula Espíndola
#relacionamentoabusivo #prisioneiroemocional #relacionamentospsicologia #paulaespindolapsicologa #insightpsique

quarta-feira, 29 de abril de 2020

Motivos que prendem a relações abusivas


Tipos de abuso


TIPOS DE ABUSO
              Geralmente, as relações abusivas começam com uma violência confundida por um excesso de zelo e ciúmes em forma de carinho.
              O abuso verbal é muito presente nessas situações e quando já está ouvindo insultos e xingamentos.
              O abuso emocional começa pelo falso elogio, envaidecendo o outro.
              O abuso moral agride com palavras ou até mesmo com aquele silêncio ensurdecedor.
              O abusador com seu poder de manipular a vítima, faz você acreditar suas imposições, mesmo sem questioná-las e quando percebe já está acatando as ordens do outro.
              O perigo dessa relação é que se cria um ciclo de repetição de comportamentos e atitudes do abusador.
Paula Espíndola
#tiposabuso #relacionamentoabusivo #relacionamentospsicologia #paulaespindolapsicologa #insightpsique

terça-feira, 28 de abril de 2020

06 - CARTA PARA PSICÓLOGA


Invalidação no relacionamento abusivo


A INVALIDAÇÃO NO RELACIONAMENTO ABUSIVO
              O relacionamento abusivo transforma a vida da pessoa negativamente, levando a uma relação tóxica.
              A vítima abusada tem a sensação de que está sempre sendo ameaçada e vigiada o tempo todo, fixando constrangida com a situação.
              Foram tantas humilhações, traições e sofrimento, que mexe muito com o emocional da pessoa, levando a prejuízos para a saúde mental.
              É fundamental estar atento em alguns aspectos como:
·       Nunca negue seu sofrimento, observe bem o que está sentindo ou pensando;
·       Não leve para lado pessoal, isso pode acontecer com várias pessoas;
·       Não alimente o comportamento destrutivo do abusador.
Essa situação acaba invalidando, ou seja, anulando a essência da pessoa, mesmo que de uma maneira sutil.
Lembre-se! Quem cuida da mente, cuida da vida.
Paula Espíndola
#invalidação #anulação #relacionamentoabusivo #paulaespindolapsicologa #insightpsique


segunda-feira, 27 de abril de 2020

Os sentimentos negativos após relacionamento abusivo


Nosso olhar fala muito


NOSSO OLHAR FALA MUITO
              Você conversa através do seu olhar? Como assim?!
              O nosso olhar diz muito, isso faz parte da comunicação não-verbal, que é aquela em que nos comunicamos sem palavras, através de nossos gestos, expressões faciais e acima de tudo o olhar.
              Quando o casal tem uma boa sintonia, apenas um olhar para o outro, já se entende o que o outro pensa e sente. Isso acontece com você?
              Para alguns casais, esse olhar pode ser amedrontador. Quantas pessoas escutamos falar que tem medo do olhar do parceiro? Do que pode surgir esse olhar? Fique atento!
Paula Espíndola
#olhar #comunicaçãonaoverbal #cnv #paulaespindolapsicologa #insightpsique

sexta-feira, 24 de abril de 2020

05 - CARTA PARA PSICÓLOGA


A decisão de sair da relação abusiva


A DECISÃO DE SAIR DA RELAÇÃO ABUSIVA
              É primordial e necessário querer sair do relacionamento abusivo, mesmo sendo uma decisão muito difícil para ser tomada.
              A pessoa que sofre abusos está tão fragilizada emocionalmente com baixa autoestima, que demora a perceber que está nesse tipo de relação.
              Será fundamental investir em ajuda psicológica, ter apoio de amigos e familiares para que consiga reconhecer esses abusos e desejar de maneira consciente o fim dessa relação.
              A psicoterapias auxiliará a clarear suas ideias para que consiga tomar suas próprias decisões e acima de tudo ser persistente, mesmo com todo sofrimento para sair dessa união.
              Será fácil? Não, com certeza não será! Mas muito necessário.
Paula Espíndola
#decisão #relacionamentoabusivo #paulaespindolapsicologa #insightpsique

quinta-feira, 23 de abril de 2020

LIVE 70 Quarentena e relacionamento familiar


Fatores e sintomas da codependência


FATORES E SINTOMAS DA CODEPENDÊNCIA
              O relacionamento abusivo mexe muito com o emocional do indivíduo e alguns fatores emocionais levam a codependência quando:
·       A pessoa sente-se explorada, infeliz e não realizada, sem conseguir romper o relacionamento;
·       Dificuldade para identificar seus sentimentos;
·       Dificuldade em discutir problemas e expressar seus sentimentos;
·       Sente-se incapaz de cuidar de si mesmo;
·       Dificuldade em tomar decisões.
A pessoa codependente sofre muito e pode acarretar alguns sintomas prejudiciais para si, que influenciam em seus relacionamentos como:
·       Cuidado excessivo com outro;
·       Controle exagerado;
·       Ciúme doentio e patológico;
·       Dificuldade de perceber as emoções;
·       Dificuldade de comunicação;
·       Não consegue dizer não;
·       Esquece os elogios, só lembra das críticas recebidas;
·       Dificuldades sexuais;
·       Envolvimento com pessoas complicadas;
·       Desejo exagerado de ter o parceiro seja quem for;
·       O fim do relacionamento torna-se um verdadeiro trauma.
É fundamental reconhecer essa codependência emocional para se libertar dessa situação dolorosa.
Paula Espíndola
#codependencia #dependencia #abusivo #paulaespindolapsicologa #insightpsique

quarta-feira, 22 de abril de 2020

Dependência emocional no relacionamento abusivo


O dom de manipular o outro

O DOM DE MANIPULAR O OUTRO
              No relacionamento abusivo, a culpa é sempre designada a vítima, por imposição do abusador e até mesmo pela própria vítima que passa a acreditar que realmente a culpa é totalmente sua.
              O abusador tem uma grande necessidade de culpar alguém até pelo seu excesso de raiva.
              Com o seu dom de manipular faz a vítima acreditar que a culpa é sempre sua, pois é altamente envolvente.
              O abusador não tem consciência do seu comportamento controlador, pois apresenta uma total ausência de culpa, ou seja, tem a convicção de que a culpa é somente da outra parte.
              Deve-se trabalhar muito o lado psicológico da vítima para que entenda que a culpa desses abusos não é sua e fazer psicoterapia para se fortalecer e encarar essa situação.
Paula Espíndola
#manipular #abusivo #relacionamentoabusivopsi #paulaespindolapsicologa #insightpsique

terça-feira, 21 de abril de 2020

04 - CARTA PARA PSICÓLOGA


Dependência afetiva na relação abusiva


DEPENDÊNCIA AFETIVA NA RELAÇÃO ABUSIVA
              O relacionamento abusivo pode ser devastador na vida de uma pessoa.
              Um agravante dessa relação é a dependência afetiva, que afeta a qualidade dos relacionamentos, subtrai, porque a pessoa só quer agradar o parceiro, esquecendo de si mesmo, colocando sempre sua vida em segundo lugar e com isso passa a ter dificuldade em tomar suas próprias decisões, necessitando sempre da aprovação do outro para direcionar o que deve ser feito, gerando um grande desequilíbrio emocional.
              Para sair dessa dependência emocional deve-se:
·       O primeiro passo é ter consciência dessa dependência afetiva;
·       Reconhecer seu valor;
·       Investir em sua autoestima;
·       Avaliar a sua própria capacidade de controle de si mesmo;
·       Reconhecer sua dor e necessidades emocionais;
·       Estabelecer metas para vencer sua insegurança.
Não conseguindo colocar essas estratégias em prática, procure a psicoterapia.
Paula Espíndola
#dependenciaemocional #dependencia #relacionamentoabusivopsi #paulaespindolapsicologa #insightpsique

segunda-feira, 20 de abril de 2020

Relacionamento abusivo devastador

A culpa é totalmente sua! Será?


A CULPA É TOTALMENTE SUA! SERÁ?
              No relacionamento abusivo existe muito o fato de penalizar a pessoa abusada é uma das maneiras mais comuns para ocorrer isso é culpar o parceiro.
              Para o abusador é muito mais fácil culpar a outra parte, pois não reconhece seus erros.
              A vítima está tão fragilizada devido a tantos abusos, que passa a acreditar de que a culpa é realmente sua.
              Uma dica valiosa é escrever esses abusos para que perceba que você é a vítima e não a causadora dessas intrigas. Pense nisso!
Paula Espíndola
#culpa #relacionamentoabusivo #paulaespindolapsicologa #insightpsique

sábado, 18 de abril de 2020

Ciladas emocionais


CILADAS EMOCIONAIS
              O abusador é altamente envolvente e manipulador e age de uma maneira que mexe com seu emocional, sem que você se dê conta desses abusos.
              Na maioria das vezes, essas relações abusivas começam com violência psicológica confundida por um excesso de zelo e ciúmes.
              O abuso emocional começa pelo falso elogio, envaidecendo o outro, pois o abuso moral agride com palavras ou até mesmo com aquele silêncio ensurdecedor.
              Fique sempre atento ao comportamento e atitudes do seu parceiro e tenha cuidado para não cair em ciladas emocionais.
Paula Espíndola
#cilada #emocional #paulaespindolapsicologa #insightpsique #relacionamentoabusivopsi

sexta-feira, 17 de abril de 2020

03 - CARTA PARA PSICÓLOGA


Sentimento de culpa


SENTIMENTO DE CULPA
              A culpa é o sentimento quando nos julgamos negativamente, acreditando que não conseguiremos aquilo que se almeja.
              O sentimento de culpa traz muita carga negativa, afetando e influenciando seus pensamentos.
              Para lidar com esse sentimento de culpa deve-se:
·       Observar e entender seus pensamentos e sentimentos;
·       Cultivar seu amor-próprio;
·       Não guardar esse sentimento de culpa;
·       Reconhecer seus erros e aprender com isso;
·       Aprender a se perdoar e lidar com seus próprios erros;
·       Desenvolver sua inteligência emocional.
Liberte-se desse sentimento de culpa, será libertador para si mesmo.
Paula Espíndola
#culpa #relacionamentoabusivo #relacionamentoabusivopsi #paulaespindolapsicologa #insightpsique #relacionamentospsicologia

quinta-feira, 16 de abril de 2020

LIVE 69 - Indícios do relacionamento abusivo


Famílias abusivas e disfuncionais


FAMÍLIAS ABUSIVAS E DISFUNCIONAIS
              O relacionamento abusivo pode ocorrer em qualquer tipo de relacionamento, inclusive familiar.
              Crescer em uma família disfuncional pode deixar sequelas e feridas no indivíduo.
              As consequências podem ser:
·       Filhos rebeldes;
·       Sentimento de culpa desses filhos;
·       Sentimento de não pertencimento ou merecimento;
·       Tendência ao isolamento social;
·       Amadurecimento precoce dos filhos;
·       Hierarquia de poder invertida, adota o papel dos pais;
·       Aprende a manipular os outros.
Para lidar com famílias disfuncionais será necessário:
·       Concentrar-se mais em você, em seu lado positivo;
·       Mantenha seu controle emocional;
·       Não procure aprender sua família;
·       Filtre o que for necessário;
·       Tenha resiliência, aprenda com seus erros para não os repetir;
·       Faça psicoterapia para se fortalecer.
As relações entre os familiares dessas famílias problemáticas são sempre desequilibradas.
Paula Espíndola
#relacionamentoabusivo #familiadisfuncional #paisabusivos #paulaespindolapsicologa #insightpsique

quarta-feira, 15 de abril de 2020

Relacionamento abusivo familiar


Reflexões de livros

Maratona de reflexão de livros
Aproveite a quarentena para investir seu autoconhecimento
05 - OS SEGREDOS DA MENTE MILIONÁRIA
https://www.youtube.com/watch?v=lK2A2Vy4eng&t=246s

06 - EDUCAÇÃO AFETIVA
https://www.youtube.com/watch?v=dmQLp06CcxQ&t=103s


07 - DA DEPENDÊNCIA AFETIVA AO AMOR-PRÓPRIO
https://www.youtube.com/watch?v=FUM22EMjqww&t=11s


08 - AS 5 LINGUAGENS DO AMOR
https://www.youtube.com/watch?v=OHQfIDXOKJg


#mentemilionaria #educaçãoafetiva #dependenciaafetiva #linguagemamor

Mais indícios do relacionamento abusivo


MAIS INDÍCIOS DO RELACIONAMENTO ABUSIVO
              A pessoa que está numa relação abusiva, acaba dando desculpas para si mesmo para o mau comportamento do abusador e confunde esse controle excessivo camuflado de carinho e cuidado.
              Deve-se estar atento aos vários indícios de que está em um relacionamento abusivo e entre esses são:
·       Não gosta que você fale com outras pessoas;
·       Não quer que tenha amigos;
·       Decide com quem sairá;
·       Coloca você contra seus familiares;
·       Recusa-se a conversar;
·       Faz você concordar com tudo;
·       Age por medo da reação agressiva dele;
·       Abstinência sexual ou pressiona sexualmente para fazer algo que não queira;
·       Demonstra superioridade;
·       Faz você sentir-se incapaz para tomar decisões.
Agora é a hora de parar para uma reflexão, analise essas atitudes e perceba se está em uma relação abusiva.
Paula Espíndola
#relacionamentoabusivo #relaçãoabusiva #paulaespindolapsicologa #insightpsique

terça-feira, 14 de abril de 2020

Indícios da relação abusiva


INDÍCIOS DA RELAÇÃO ABUSIVA
              A pessoa que está em um relacionamento abusivo vai se despersonalizando e consequentemente perde a essência.
              Existem vários indícios de que está a uma relação abusiva como:
·       Não gosta de ser contrariado;
·       Promete que nunca mais fará tais ataques e que mudará;
·       Faz você achar que a culpa é totalmente sua, dele ser agressivo e explosivo;
·       Induz a acreditar que ninguém gostará de você, caso saia dessa relação, pois só ele te quer e mais ninguém;
·       Menospreza e faz você acreditar que ninguém te amará.
Reconhece alguns desses indícios?
Analise e observe o comportamento do seu parceiro.
Paula Espíndola
#relaçãoabusiva #relacionamentoabusivo #paulaespindolapsicologa #insightpsique

segunda-feira, 13 de abril de 2020

A culpa no relacionamento abusivo


Despersonalizando-se na relação abusiva


DESPERSONALIZANDO-SE NA RELAÇÃO ABUSIVA
              Quanto sofrimento traz um relacionamento abusivo, não é mesmo?! A pessoa sente-se humilhada, inferiorizada e consequentemente frustrada.
              O comportamento abusivo só é permitido quando estamos com baixa autoestima e inconscientemente, alimenta essa baixa autoestima.
              A pessoa abusada entra numa dinâmica, que não consegue perceber. Quando a pessoa está sendo manipulada, não percebe, mesmo que os outros falem.
              Ela vai se despersonalizando, torna-se aquilo que o outro quer. Geralmente, isso ocorre por medo de perder o parceiro.
              Em caso de relacionamento abusivo, busque ajuda profissional, a psicoterapia é um excelente instrumento para que possa reconhecer essa relação e ter a iniciativa de sair dessa relação.
Paula Espíndola
#despersonalização #relacionamentoabusivo #sofrimento #paulaespindolapsicologa #insightpsique

sexta-feira, 10 de abril de 2020

02 - CARTA PARA PSICÓLOGA


Características da vítima abusada


CARACTERÍSTICAS DA VÍTIMA ABUSADA
              Geralmente, a pessoa que está num relacionamento abusivo não percebe esse tipo de relação no início e com o decorrer do tempo vai percebendo alguns indícios.
              A pessoa abusada que está sofrendo com relacionamento abusivo apresenta algumas características:
·       Passa a ter medo do outro, sentindo-se muitas vezes inferiorizada;
·       Torna-se um dependente afetivo;
·       Justifica todas as ações do outro, sempre dando desculpas pelos seus maus atos;
·       Faz tudo que o outro quer, mesmo que seja contra sua vontade;
·       não tem coragem para encarar o fim desse relacionamento;
·       sente-se diminuído;
·       torna-se dependente do parceiro;
·       dá desculpas pelo comportamento dele;
·       faz sempre o que ele quer;
·       quando perde a noção de tudo que está acontecendo;
·       quando perde as forças físicas e discernimento para tomar suas próprias decisões;
·       quando sente que está observando os passos o tempo todo;
·       quando não acredita mais em seus pontos positivos e fortes;
·       não tem forças para terminar.
É uma situação delicada e muitas vezes é necessário a psicoterapia para que a pessoa perceba isso e se fortaleça para o término dessa relação.
Paula Espíndola
#vitima #abusada #abusador #relacionamentoabusivo #paulaespindolapsicologa #insightpsique

quinta-feira, 9 de abril de 2020

LIVE 68 - Características da relação abusiva


Plantando uma sementinha em seu coração


PLANTANDO UMA SEMENTE EM SEU CORAÇÃO
              O maior objetivo do meu trabalho com os vários textos, vídeos e reflexões, que faço com todo empenho e carinho serve para orientar as pessoas que existe sim, relacionamentos saudáveis.
              Ninguém entra num relacionamento abusivo para querer sofrer, ser humilhado e abusado verbal, física e psicologicamente.
              Desejo plantar uma sementinha de esperança em seu coração e que tenha a certeza de que ninguém é merecedor de relacionamentos abusivos.
              Existem pessoas maravilhosas no mundo e dispostas a relações saudáveis e se está em um relacionamento abusivo será passageiro.
              Liberte-se desse sofrimento! Acredite, a felicidade existe!
Paula Espíndola

terça-feira, 7 de abril de 2020

"Como se libertar de relações tóxicas"


Diferença de idade do casal


DIFERENÇA DE IDADE DO CASAL
              A diferença de idade em um relacionamento deve ser encarada com naturalidade, mas muitos casais não conseguem lidar com essa situação por se sentirem inseguros e com receio da opinião dos outros.
              Algumas pessoas procuram pessoas mais velhas para um relacionamento por não terem conseguido estreitar laços familiares na infância, mas isso não é uma regra, portanto, não se deve generalizar.
              Quando o casal não está preparado e em sintonia para ajustar as dificuldades decorrentes da diferença de idade pode levar a vários desentendimentos, inclusive a separação.
              A psicoterapia é fundamental para que a pessoa encare essa situação.
Paula Espíndola
#diferençaidade #relacionamentoamoroso #desentendimento #paulaespindolapsicologa #insightpsique

segunda-feira, 6 de abril de 2020

As características da relação abusiva


características do relacionamento abusivo


CARACTERÍSTICAS DO RELACIONAMENTO ABUSIVO
              O relacionamento abusivo fere tanto o emocional de uma pessoa devido a tantas agressões verbais, psicológicas e até físicas.
              Como pode perceber, o relacionamento abusivo não é só aquele que tem agressões físicas.
              As principais características dessa relação abusiva são:
·       Ciúme excessivo;
·       Possessividade;
·       Manipulação;
·       Comportamento controlador e explosivo;
·       Mudanças repentinas de humor;
·       Superioridade;
·       Comportamento punitivo e chantagista;
·       Humilhações;
·       Intolerância à frustração;
·       Torturas emocionais;
·       Medo da perda;
·       Insegurança;
·       Controle físico e emocional;
·       Sofrimento.
Por mais difícil que seja de acreditar, quando aceitamos as atitudes do outro, temos uma parcela de culpa, porque mesmo que inconscientemente permitiu que iniciasse esses abusos.
Paula Espíndola
#relacionamentoabusivo #relaçãoabusiva #relacionamentoabusivopsi #paulaespindolapsicologa #insightpsique